Rádio-Iberoáfrica-Logo-Oficial-500x500px

Académicos da AEGLE condecorados pela ANLE numa histórica jornada sobre o hispanismo nos EUA

Académicos-AEGLE-condecorados-ANLE-Jornada-Hispanismo-EUA-Revista-Iberoáfrica-1
Académicos-AEGLE-condecorados-ANLE-Jornada-Hispanismo-EUA-Revista-Iberoáfrica-1

Trata-se dos académicos Agustín Nze Nfumu e Fernando Ondó Ndjeng, que foram destacados pelo seu trabalho na promoção do espanhol em África numa distinta demonstração de reconhecimento pelo desenvolvimento que ambos levam à cabo em prol do fortalecimento do idioma espanhol no continente africano. Agustín Nfumu e Fernando Ondó, académicos da Academia Ecuatoguineana de Lengua Española (AEGLE) foram condecorados pela Academia Norteamericana de la Lengua Española (ANLE), na última terça-feira, dia 11. O evento teve lugar na sede do Instituto Cervantes em Nova York e constituiu um marco na história do hispanismo, uma vez que foi a primeira conferência do género de sempre.

O renomado académico africano da AEGLE Fernando Ondó Ndjeng apresentou uma conferência sobre “Passado, presente e futuro da AEGLE”, destacando o papel desta academia na promoção do espanhol no continente africano.

A notícia foi avançada pela Revista Real EquatorialGuinea, e segundo a mesma, entre os pontos destacados da sua locução também se inclui uma análise do papel do espanhol na Guiné-Equatorial, a história da literatura no país e a importância da diplomacia cultural no reconhecimento do espanhol como língua oficial da União Africana. Igualmente, Fernando Ondó enfatizou que o espanhol é um símbolo de identidade para Guiné-Equatorial, destacando a sua singularidade como o único país africano onde o espanhol é uma língua oficial.

O evento culminou com a entrega de diplomas e medalhas a Agustín Nze Nfumu, Presidente da AEGLE e a Fernando Ignacio Ondó Ndjeng, Académico da instituição, ambos outorgados como membros correspondentes da ANLE.

A Revista Iberoáfrica, que foi convidada ao evento testemunhou este momento importante que assinala uma nova etapa no fortalecimento das relações entre todos os países e comunidades iberófonas do mundo.

As Primeras Jornadas del Hispanismo en los Estados Unidos foram uma parceria entre o Instituto Cervantes – Nova York e a ANLE; o evento contou com a presença de distintas autoridades, directivos do Instituto Cervantes em Nova York – representado ao mais alto nível pelo Director Richard Bueno Hudson, Nuria Morgado – Directora da ANLE, também estiveram presentes o Subdirector da ANLE – Jorge Ignacio Covarrubias, o Director Honorário da ANLE – Gerardo Piña-Rosales, Richard Kagan – Catedrático emérito de história “Arthur O. Lovejoy”, que ministrou a primeira conferência da noite, sob o tema “A história do hispanismo norte-americano: um breve relato”. Contou ainda com um representante da Organização das Nações Unidas (ONU) da Guiné-Equatorial, entre outras entidades internacionais e a imprensa.

Não é possível copiar o conteúdo desta página

Scroll to Top